Quinta-feira, 19 de Junho de 2008
A junta de freguesia

Era manhã, havia sol e era mais um dia normal na vida de Ana.

Nesse dia Ana tinha de se deslocar pela primeira vez à junta de freguesia vizinha. Estranhando a fachada entrou sem receios.

Sentiu uma vibração diferente no ar e percebeu de imediato que tinha adentrado num portal dimensional.

A força da gravidade menor, os cartazes e convocatórias que parecem rodopiar nos quadros de cortiça, os vidros que deixaram os seus caixilhos e o Paulo Cardoso, de S.João, que oferece em pé consultas a todos quantos lhe mostrem o seu bilhete de identidade.

 

Obrigado!

 

Gostei, sinceramente da experiência.



publicado por ana.mafalda às 11:21
link do post | comentar | favorito