Sexta-feira, 30 de Maio de 2008
Quando for grande

Hoje perguntaram-me o que quero ser quando for grande.
A resposta a esta pergunta surge-me como uma imagem. O que respondi na realidade foi vago porque pensei que a imagem enquanto resposta seria um conceito que só existe para mim e isso poderia trazer mal-entendidos.

 

Agora, aqui para nós, vou partilhar.
Quando, sem fechar os olhos, me vejo grande e do mesmo tamanho que hoje, estou num terraço em Barcelona. Há mar por perto, há sol, é de manhã e há aquela frescura e cheiro que só as manhãs têm e a motivação que só essas manhãs de sol me dão.  Não sei porquê, mas estou a tomar o pequeno-almoço, em simultâneo vou vendo os mails,  algumas notícias e os blogs "amigos". Sei que há companhia, não vejo mais ninguém, mas há. 

 

O que é que isto significa? Não sei. Porquê Barcelona? Não sei. 
Mas neste momento é isto que eu quero quando for grande. Sentir todos os dias como uma manhã calma de sol num dia de agenda cheia. Acordar com a tranquilidade e a certeza de que o dia vai ser um turbilhão prazeiroso.

 

Acordar e dormir sem pensar que existe dia, que existe trabalho, que existe vida.

 



publicado por ana.mafalda às 13:30
link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De piu a 30 de Maio de 2008 às 15:19
Eu tenho um terraço em Barcelona, queres alugá-lo?


De ana.mafalda a 30 de Maio de 2008 às 16:08
e é ao pé do mar?
e tá lá sempre sol?
e costumas estar por lá?


De piu a 30 de Maio de 2008 às 16:18
É barato.
É o que interessa.


De ana.mafalda a 30 de Maio de 2008 às 16:46
aihhhhh a razão....
sempre a razão!!!!


De piu a 30 de Maio de 2008 às 16:57
Alguém tem de fazer o trabalho mais difícil...


Comentar post